Tu

tumblr-love-41Pensei mais do que uma vez no fato de que deveria ou não escrever para ti e sobre ti. Sobre nós. Mas dei-me conta que se não fosses a inspiração dos meus textos e da minha vida provavelmente não sairia nada de jeito.

Sabes, se me dissessem que hoje estaria com alguém que finalmente me entende, completa e respeita eu juro que iria rir na cara da pessoa. Sabes, tinha perdido a fé. Até te ter  encontrado. Nunca pensei dizer isto, mas tu fazes-me ver as coisas de forma diferente, mais bonitas, mais sérias, mais de verdade. Tu mostras-me o quanto és diferente de todo o meu passado. Tu mostras-me que tudo vale a pena, principalmente tu. Tu vales a pena.

Vês? Estou uma lamechas. Dei-me conta que estava a amolecer quando no final do dia a única coisa que me fazia sentir melhor encostar-me em ti e ser abraçada por ti.

Isto porque me fazes sentir segura, feliz e pela primeira vez completa. Sabes, eu vejo-te como o meu porto de abrigo. Aquele que me acolhe quando estou num dia negro, aquele que sabe o que dizer quando a única coisa que eu queria era encolher e tentar esquecer as coisas. Pela primeira vez, não me sinto sozinha. Já não resolvo tudo sozinha. Tenho-te a ti. Tenho o teu apoio. O teu carinho. O teu tudo.

Eu olho para ti e vejo um ser humano maravilhoso, uma pessoa com um coração gigante mas que também já foi ferido. Eu vejo em ti um bom homem e eu não podia ter mais orgulho em ti. Eu vejo-te como meu amigo, confidente, parceiro namorado. Eu vejo em ti a minha pessoa certa. A minha pessoa preferida. A pessoa pelo qual vale a pena lutar. A pessoa que me faz sentir a mulher mais feliz do mundo, mas sabes? Não é só por eu gostar de ti que eu digo estas coisas.

Tu não me tiras o chão, tu dás-me a mão, o braço, o que for preciso para eu não cair desamparada. Para eu não me sentir sozinha.

Tu apoias-me, tu consegues perceber que por vezes eu não consigo ser tão presente quanto eu queria. Tu não te colocas por cima de mim como um ser superior, tu colocas-te do meu lado e ao meu lado. Não me restringes. Não me prendes. Não em tiras a minha liberdade. A única coisa que queres de volta é o meu eu, a minha reciprocidade, o meu respeito, o meu carinho, o meu sentimento.

Aprendi que contigo não tenho nada a temer, que posso ser eu mesma, que posso ser meia louca às vezes, que posso fazer jogo limpo, que posso demonstrar o quanto me importo. Tu fizeste com que eu aos poucos recuperasse a confiança em mim mesma e no que está ao meu redor.

Sabes, eu dou por mim nervosa, dou por mim a não querer que vás embora no domingo à tarde, quando sei que tens de voltar para casa. Odeio este pouco tempo. Parece que corre demasiado rápido e que quando dou conta já é hora de ires embora novamente.

Algum dia eu teria pensado em fazer uma vida com alguém? Isso estava tão fora de questão. E contigo, bem contigo eu quero uma vida, quero um cantinho, quero acordar todos os dias de manhã e olhar para ti e sentir-me feliz, quero dar-te a mão quando estiveres num dia péssimo, quero abrir a porta da nossa casa e dar-te um beijo e dizer: ainda bem que chegaste amor!, depois de teres tido um dia longo de trabalho.

Sabes, no final do dia toda a gente gosta de ser a escolha de outra mas quando se trata de ti, tu não és uma escolha. És uma prioridade. E eu nunca tive uma certeza tão grande como aquela que tenho quando se trata de ti. De nós. Eu quero o nosso nós. O nosso “certo”.

Estou quase a acabar não te preocupes. Só quero que saibas mais duas coisas. A primeira é não importa o quão difícil as coisas se tornem eu vou sempre estar ao teu lado e vou sempre encontrar o caminho para ti e para nós. E a segunda? Bem, essa é fácil. Casa é onde o nosso coração está e o meu está garantidamente contigo.

 

 

 

Anúncios